As datas de inscrição para os processos serão informadas com antecedência nesta página.

PROCESSO SELETIVO – BOLSAS CAPES-PNPD

 Edital para abertura de Processo Seletivo para Pós-doutorado CAPES-PNPD
(primeiro semestre 2019)

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Biologia da Relação Patógeno Hospedeiro do Departamento de Parasitologia do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo abre as inscrições para seleção de candidatos para 1 (uma)  bolsa de PNPD.
 
Solicitamos aos interessados que se inscrevam no período de 15 de maio a 14 de junho de 2019 através do email pgbmp@icb.usp.br(Secretaria da Pós-Graduação) enviando a seguinte documentação em formato eletrônico:   

1. Currículo lattes do candidato
2. Currículo lattes do supervisor
3. Projeto de pesquisa (máximo de 10 páginas)
4. Certificado/ata de defesa ou diploma do doutorado.


Esta avaliação será ministrada pela CCP até duas vezes ao ano,
 a depender da disponibilidade de bolsas. O processo seletivo tem caráter eliminatório e classificatório e terá validade até o processo seletivo seguinte.

DETALHAMENTO DA AVALIAÇÃO DAS PROPOSTAS

A avaliação consistirá de uma prova na qual o candidato apresentará o seu projeto de pós-doutoramento (etapa pública), seguida de arguição (etapa fechada- restrita a banca e candidato) por banca examinadora designada pela CCP em data estipulada também pela CCP. Os currículos do candidato e do supervisor e o projeto de pesquisa também serão considerados. Os pontos a serem considerados pela banca examinadora são:


1. Currículo do candidato (0 a 3): adequação da formação do candidato ao projeto proposto e da qualidade e regularidade de sua produção como pesquisador, com base em publicações em periódicos especializados com seletiva política editorial, livros ou capítulos de livros, patentes, prêmios, etc;

2. Currículo do supervisor (0 a 1): qualidade e regularidade da produção científica e/ou tecnológica, experiência e competência demonstradas na liderança de projetos de pesquisas relacionados ao tema da proposta em análise, capacidade demonstrada para formar pesquisadores, com destaque para a atividade recente de orientação de estudantes;

3. Avaliação do projeto de pesquisa (0 a 3): mérito técnico-científico (consistência teórica e metodológica da proposta), qualidade do texto (conteúdo, forma, objetividade e clareza) e originalidade;

4. Apresentação oral do projeto e arguição (0 a 3): qualidade do seminário apresentado, conhecimento da literatura, da estratégia experimental e das técnicas a serem utilizadas para o desenvolvimento do projeto, desempenho global do candidato.

Para ser aprovado, a nota total da proposta e do candidato deverá ser igual ou superior a 7 (sete), de um máximo de 10 (dez) pontos. 
 


A DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS SERÁ FEITA PELA SECRETARIA DO PROGRAMA. CANDIDATOS E SUPERVISORES DEVEM AGUARDAR O CONTATO.