BIOTÉRIO

 

O Biotério do Departamento de Anatomia está localizado no 2° sub-solo do ICB III e ocupa uma área de aproximadamente 270m2. A área está distribuída de forma a melhor aproveitar o espaço para as atividades de criação de ratos e camundongos (manutenção e experimentação), contando com salas específicas que permitem o estudo adequado para os projetos desenvolvidos no Departamento. Tal distribuição é feita separando-se área limpa, onde estão os animais, e área suja, onde ocorre limpeza e descarte de material, de modo a permitir uma melhor qualidade ambiental para os animais.

 

O Biotério conta hoje com o trabalho de quatro funcionários, cujas atividades distribuem-se entre estas diferentes regiões do Biotério. Atualmente, existem salas relativas à criação de ratos (das linhagens Long-Evans e Sprague-Dawley) e sua manutenção (Wistar, WKY e SHR, além de Long­Evans e Sprague-Dawley), e à criação de camundongos (da linhagem C57Bl isogênicos) e sua manutenção (FVB, além da mencionada). Além disso, o Biotério conta com uma área para experimentação, oferecendo espaço adequado a tratamentos específicos, manipulação, cirurgia, pesagem, perfusão e coleta de tecidos. Hoje há uma sala de cirurgia para ratos e uma sala de cirurgia para camundongos, uma sala de controle metabólico para ratos, uma sala para estudos de comportamento com ciclo claro-escuro invertido, uma sala para estudos hemodinâmicos, uma sala específica para a manutenção de ratos idosos e duas salas de manutenção de animais especiais, como em estudos com desnutrição. Através da obtenção de recursos junto à Pró-Reitoria de Pesquisa da USP e de recursos provindos do Departamento de Anatomia e de projetos de alguns docentes, foi possível estabelecer uma área para criação e manipulação de camundongos, preparada inclusive para receber camundongos geneticamente modificados.